Postado em 10.06.08 em Notícias por Jorge Alves

Terapia Cognitiva contra Medicação para Depressão

Terapia Cognitiva contra Medicação para Depressão

Um artigo recente tenta explorar os efeitos neuronais dos antidepressivos e da terapia cognitiva.

Mais especificamente o artigo centra-se na forma como ambos tratam a depressão tendo em conta os mecanismos neurais.

O artigo refere que terapia cognitiva e medicação antidepressiva têm sido consideradas igualmente eficazes no tratamento a depressão e que a primeira poderá mesmo reduzir o risco de recaída.

Contudo ainda não é possível especificar com precisão os mecanismos exactos.

Para mim a linha de investigações de “terapias vs. medicações” só faz sentido se posteriormente for elaborado um guia de tratamento que melhore o prognóstico. Não acho útil tentar provar qual abordagem é melhor por provar, mas sim para poder adequar a intervenção.

Link para o artigo

Related Posts with Thumbnails

Sobre o autor:  Jorge Alves é Doutorado em Psicologia. Neuropsicólogo Clínico. Investiga na área das Neurociências. Criador e autor principal do Portal RedePsicologia.com.



Subscrever Comentários Comentar | Trackback |
Etiquetas: , ,

Posts anteriores


Deixe aqui o seu comentário

Se pretende fazer uma pergunta sobre este artigo verifique primeiro se a mesma já foi respondida nos comentários. Devido à grande quantidade de comentários e e-mails que recebemos, nem sempre é possível uma resposta imediata. Contudo, tentamos dar resposta a todos os leitores.