Postado em 01.01.09 em Notícias por Rosana Magalhães

Mitos da ciência sobre as quadras festivas e o Inverno

Bem vindo. Pode esclarecer as suas dúvidas no formulário de Contacto ou comentando num artigo. Subscreva o nosso feed RSS para não perder nenhum artigo novo. Pode procurar mais informação na secção "Arquivos" ou na barra de pesquisa.

“Uma ressaca é uma ressaca, e não há nada a fazer!”
Este e outros mitos foram desmistificados (desculpem a redundância) por dois cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade de Indianápolis, nos Estados Unidos. Acontece que o nosso dia-a-dia está repleto de mitos, que vão passando de boca-em-boca e que não servem de nada. Assim sendo, os dois investigadores propuseram-se a desfazê-los, com base em provas científicas. Dedicaram-se aos seis dos mais comuns mitos sobre as quadras festivas e o Inverno e, como estamos em época natalícia, as conclusões do trabalho foram guardadas para o número especial de Natal do British Medical Journal!
Entre os 6 mitos aparece um verdadeiramente inacreditável: “comer bananas depois de uma ingestão generosa de álcool, pode curar a ressaca”. Vai-se lá saber quem disse semelhante asneira! Ainda bem que que existe quem se dedique a esclarecer estas barbaridades!
Divirtam-se e comam descansados na Ceia de Natal e Ano Novo, com esta notícia que apareceu no Jornal Público:
Related Posts with Thumbnails

Sobre o autor:  Rosana Magalhães é colaboradora do Portal Rede Psicologia.



Subscrever Comentários Comentar | Trackback |
Etiquetas: ,

Posts anteriores


Comentários ( 1 Comentário )

Cada vez mais me convenço que muita gente se rege por mitos. Fui educado a pegar em dicionários ou enciclopédias e a ir investigar, ao passo que há medida que vou conhecendo o mundo vejo cada vez mais que é realmente “difícil” para muita gente pegar num simples dicionário de cabeceira e ver o significado de uma palavra, quanto mais aprofundar determinado tema.

A humanidade sem a psicologia não era a mesma ;)

joaoNo Gravatar deixou este comentário em Jan 15 09 ás 3:13

Deixe aqui o seu comentário

Se pretende fazer uma pergunta sobre este artigo verifique primeiro se a mesma já foi respondida nos comentários. Devido à grande quantidade de comentários e e-mails que recebemos, nem sempre é possível uma resposta imediata. Contudo, tentamos dar resposta a todos os leitores.




Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.