Bem vindo. Pode esclarecer as suas dúvidas no formulário de Contacto ou comentando num artigo. Subscreva o nosso feed RSS para não perder nenhum artigo novo. Pode procurar mais informação na seccção "Arquivos" ou na barra de pesquisa.

Medo de falhar (ou de ganhar?) - Psicologia do Desporto

Carolina Kluft no salto em comprimento.

Carolina Kluft no salto em comprimento. Terminou em 9ª. (Kim Kyung-Hoon/Reuters)

Kluft, 25 anos, desistiu este ano de praticar heptatlo onde era a principal atleta desde 2002 e decidiu dedicar-se apenas ao salto em comprimento. Com esta mudança passou de ser a cabeça de cartaz a ser mais uma participante.
Carolina Kluft não conseguiu qualificar-se para a final em Pequim e em entrevista afirmou que não tinha nada para lamentar e que a sua mudança de para o salto em comprimento não causava arrependimento pois estava vazia e sem energia (devido ao intenso treino), restando abandonar o atletismo ou dedicar-se apenas a uma especialidade.

Apesar do aparente fracasso na prova, Kluft faz parte daqueles atletas de elite que não temem fracassar ou do contrário nunca tentariam ganhar. Como bem frisou o tenista Bjorn Borg “Se tens medo de perder, não te atreves a ganhar.”
Ou seja, não gostar de perder não deve significar que se deva temer perder. Convém não esquecer que mesmo os atletas ganhadores já tiveram muitas experiências de fracasso, só que ao invés de muitos utilizaram isso para melhorar e tomar uma postura activa.

Alguns estudos recentes (Subtle linguistic cues affect children’s motivation, Journal Psychological Science) sugerem que as crianças respondem pior a desafios quando acreditam que a razão de sucessos prévios era o talento, pois como não se pode alterar o talento, no caso de falhar não se poderá alterar nada e voltar a ganhar.

Ou seja, tal como os adultos, as crianças não conseguem controlar o seu talento mas podem alterar o que fazem da próxima vez. Logo uma dica importante para treinar jovens será reforçar/louvar as acções e não a pessoa, pois poderá estar a ser dada falsa confiança.

Bill Cole, especialista em coaching desportivo afirma que o segredo dos vencedores para transformarem o fracasso em sucesso consiste em admitir que todas a pessoas falham, eles próprios falham, em falhar rápido e seguir em frente, ver o fracasso como apenas um atraso/contratempo, e admitir que o fracasso demonstra segurança.

Para terminar leia o que dizia Winston Churchill: “O sucesso é saltar de fracasso em fracasso sem perder o entusiasmo”.

Artigos relacionados


Subscrever coment�rios Comentários | Trackback |
Post Tags: ,

Posts anteriores


Comentar...


XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>