Postado em 08.18.08 em Outros por Jorge Alves

Psicologia Criminal

Psicologia Criminal

A Psicologia Criminal consiste no estudo dos comportamentos, pensamentos, intenções e reacções dos criminosos.

Está relacionada com a área de antropologia criminal. Esta área científica tenta saber em profundidade o que faz alguém cometer crimes e os seus mecanismos, mas também as reacções após o crime, ou em tribunal.

Os psicólogos desta área são muitas vezes chamados como testemunhas de processos em tribunal. Também alguns psiquiatras lidam com aspectos do comportamento criminoso.

Uma grande parte da psicologia criminal, conhecida como profiling de delinquentes começou em 1940, quando os Estados Unidos criaram um Escritório de Serviços Estratégicos no qual foi encarregue a William L. Langer ‘s, um famoso psiquiatra, elaborar um perfil de Adolf Hitler.

Após a Segunda Guerra Mundial o psicólogo britânico Lionel Haward, enquanto trabalhava para a Royal Air Force, elaborou uma lista de características que os criminosos de guerra nazi podiam exibir.

Em 1950 o psiquiatra James A. Brussel elaborou um perfil preciso de um bombista que tinha sido aterrorizado Nova Iorque.

O rápido desenvolvimento da Psicologia Criminal ocorreu quando o FBI abriu na sua academia uma unidade de análise comportamental em Quantico, Virginia. Posteriormente foi criado o Centro Nacional de Análise de Crimes Violentos. A ideia era ter um sistema que poderia encontrar ligações entre os principais crimes sem solução.

No Reino Unido, o Professor David Canter foi um pioneiro para a orientação da polícia, começando a tentar abordar o assunto com um ponto de vista mais científico.

Entre as pessoas mais notáveis que criticaram o modo como a psicologia e psiquiatria tratam o crime, destaca-se o filósofo francês Michel Foucault. Foucault mostrou como, desde a sua origem, a prisão criou uma classe profissional dos criminosos (reincidentes), separada das classes populares e muitas vezes utilizada pela polícia como informadores. Em outras palavras, longe de asfixiar a criminalidade, o movimento reformista mostrou que a prisão criou e perpetuou uma classe de profissionais criminosos. Doravante, Foucault concluiu que a prisão era usada como uma tecnologia disciplinar para controlar a população.

Foucault mostrou também que, se o sistema penal na Europa Moderna se punia o crime em si, o acto em si, o novo regime disciplinar punia a pessoa, e não o crime. Nesta lógica não se perguntava: “O que fizeste?” (tal como na escola clássica da criminologia, ou seja, com Cesare Beccaria e Jeremy Bentham), mas “quem és tu?” (como na escola italiana, Cesare Lombroso, etc.). Neste âmbito, o papel da antrolopologia, psiquiatria, etc, tornou-se evidente como uma ferramenta usada para criar o conceito de “pessoas perigosas”.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Criminal_psychology

Related Posts with Thumbnails

Sobre o autor:  Jorge Alves é doutorando em Psicologia. Investiga na área das Neurociências. Criador e autor principal do Portal RedePsicologia.com.



Subscrever Comentários Comentar | Trackback |
Etiquetas: ,

Posts anteriores


Comentários ( 54 )

Olá! Gostaria de citar esse texto, você poderia me indicar a fonte utilizada?

Tálita Rodrigues HeusiNo Gravatar deixou este comentário em Ago 27 08 ás 22:25

A resposta já seguiu por e-mail.

JorgeNo Gravatar deixou este comentário em Ago 28 08 ás 10:06

ola, estou no curso de linguas e humanidades, e gostaria de saber se escolher psicologia, posso depois especializar-me em psicologia criminal. tenho esta duvida pois, parece-me mais cientifico, e a minha area nao e de de ciencia, por favor, poderiam-me tirar esta duvida? obrigado

Gerson CarapinhaNo Gravatar deixou este comentário em Set 15 08 ás 21:39

@Gerson: Actualmente várias universidades oferecem a possibilidade de especialização na área da justiça e criminal.
Em relação à cientificidade das diversas áreas da psicologia (e refiro-me à ciência psicológica/psicologia académica e científica) as mesmas são alvo de estudos que verificam o seu carácter como ciência.
Veja este artigo por exemplo: http://freakonomics.blogs.nytimes.com/2008/04/08/how-much-progress-have-psychology-and-psychiatry-really-made-a-freakonomics-quorum/

JorgeNo Gravatar deixou este comentário em Set 15 08 ás 22:31

A Psicologia, estudo de fundamental importância para a humanidade, porém devem aprofundar tais pesquisas, que na atual sociedade se observa a consistencias de crimes na sociedade, por que tudo isso ? será que a parte espiritual não tem envolvimento com os seres ? Portanto, gostaria de receber essas respostas. Como ficam essas organizações que espalhadas pelo mundo que estimula a criminalidade, tudo isso não em haver com a espiritualidade negra ?

Heretiano Henrique PereiraNo Gravatar deixou este comentário em Out 25 08 ás 21:28

@Heretiano Desculpe mas não percebi a pergunta. Podia reformular? Obrigado.

JorgeNo Gravatar deixou este comentário em Out 27 08 ás 0:15

Qual é, em média, o sálario base de um psicologo criminal??

Milena NunesNo Gravatar deixou este comentário em Out 28 08 ás 17:06

@Milena Olá. Desconheço o valor do salário. Se descobrir e quiser partilhar com nós deixe um comentário. Obrigado.

JorgeNo Gravatar deixou este comentário em Out 28 08 ás 17:12

Os salários variam de R$ 912,41 a R$ 2.771,96
depende da localidade e quem o contrata.
Prazer em ajudar. Abraços

jeferson ploc (orkut)No Gravatar deixou este comentário em Jan 01 09 ás 15:17

Olá. Sou um user frequente do teu site e também aluno do curso de Psicologia e gostava, caso fosse possível, de saber se me poderias indicar um ou dois artigos sobre a história da psicologia criminal.
Desde já o meu obrigado.

JoséNo Gravatar deixou este comentário em Jan 02 09 ás 17:09

@José Obrigado pela lealdade. :)
Cá vai um artigo muito breve, um livro e um autor de destaque:
- http://www.psych.neu.edu/academics/forms/forensic.pdf
- Adler, J. R. (Ed.). (2004). Forensic Psychology: Concepts, debates and practice. Cullompton: Willan
- Robert Hare: http://www.hare.org/
Bom ano.
PS: Que universidade frequentas?

JorgeNo Gravatar deixou este comentário em Jan 03 09 ás 14:46

Eu frequento a Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação de Lisboa.
Obrigado pelo material disponibilizado.
Bom ano.

JoséNo Gravatar deixou este comentário em Jan 03 09 ás 15:37

vou fazer vestibular,e gostaria de me envolver e ter mais notícias sobre o ramo da psicologia criminal..e amis informações sobre o curso que devo aderir e como proceder…
Diante mão,
Obrigada

Priscila TorresNo Gravatar deixou este comentário em Jan 05 09 ás 2:00

@Priscila Torres Olá. Desconhecemos o sistema de ensino brasileiro. Tente procurar informações junto de faculdades/universidades por exemplo.
Fique bem.

JorgeNo Gravatar deixou este comentário em Jan 05 09 ás 21:40

Boas. Gostava de saber se me podem exclarecer umas dúvidas. Estou no curso de línguas e humanidades e gostaria imenso de seguir a área de psic. criminal. Mas será que o curso onde estou dar-me-á a oportunidade de me formar nisto? Quais são as médias para entrar na faculdade? Estou à pouco no 10º ano e não sei muito sobre as médias dos cursos. Se me pudessem exclarecer estas questoes agradecia imenso.
Obrigada.

DeniseNo Gravatar deixou este comentário em Jan 19 09 ás 20:16

olá, poderia, se possivel, me dizer quais sao as principais diferenças e semelhanças que existem entre os dominios da psicologia habitualmente designados por “psicologia criminal” e “psicologia da justiça”.
obrigado

joão oliveiraNo Gravatar deixou este comentário em Jan 24 09 ás 14:37

@joão oliveira A psicologia criminal estuda principalmente o comportamento criminal, enquanto que a psicologia da justiça diz respeito ao papel do psicólogo em tribunais (ex: avaliação, apoio a vítimas).
No entanto, como estes são termos que partilham alguns conceitos vou informar-me junto de especialistas na área e dou uma melhor resposta. Combinado?

JorgeNo Gravatar deixou este comentário em Jan 24 09 ás 16:12

@Denise Para saber essas informações pode telefonar para as Universidades que pretende frequentar ou para a direcção de educação da sua região. Ajudou?

JorgeNo Gravatar deixou este comentário em Jan 24 09 ás 16:18

combinado, Dr. Jorge. obrigado pela sua atenção. ficarei então a espera.

joão oliveiraNo Gravatar deixou este comentário em Jan 24 09 ás 21:05

@joão oliveira Só um reparo, o “Dr.” não faz parte do meu nome. lol Já chega ter de usar as formalidades quando são mesmo necessárias. Aqui não é o caso pois este é um espaço informal. Até breve.

JorgeNo Gravatar deixou este comentário em Jan 25 09 ás 21:07

Olá, estou prestes a fazer o vest para psicologia e gostria d mim especialisar na area criminal…
tenho duvida, psicologia criminal e juridica é a msm coisa?

;)

AlaneNo Gravatar deixou este comentário em Fev 13 09 ás 19:51

Ola sou uma pessoa muito interessada em psicologia criminal ate leio muitas biografias de psicopatas. Podiam me indicar algum livro sobre psicologia criminal em si?
fiquem bem

RuiNo Gravatar deixou este comentário em Mar 02 09 ás 22:35

Olá ! Sou aluna do 12º ano e juntamente com mais duas colegas estamos a realizar um trabalho sobre psicologia criminal, no ambito da disciplina de Área de Projecto. Estamos com alguma dificuldade em encontrar artigos acerca da historia desta area da psicologia, e as razoes que levaram á necessidade de se criar este ramo. Seria possivel indicar-me alguns artigos, livros e autores ? Se o artigo for em portugues, óptimo !
Obrigado !

Ana BNo Gravatar deixou este comentário em Mar 04 09 ás 13:37

Olá Ana B. Tal como já tinha colocado num comentário anterior pode consultar os materiais que indico de seguida.
Deixo um artigo muito breve, um livro e um autor de destaque:
- http://www.psych.neu.edu/academics/forms/forensic.pdf
- Adler, J. R. (Ed.). (2004). Forensic Psychology: Concepts, debates and practice. Cullompton: Willan
- Robert Hare: http://www.hare.org/
Como autor português de destaque temos o Professor Rui Abrunhosa Gonçalves.
De nada. Se o site foi do teu (vosso) agrado agradecemos a divulgação do site.

JorgeNo Gravatar deixou este comentário em Mar 04 09 ás 21:13

Para especialização em psicologia criminal é necessário a graduação em Psicologia, ou poderia ser ciências sociais, filosofia, ..?

NatáliaNo Gravatar deixou este comentário em Mar 06 09 ás 0:12

Por favor, Olá! Gostaria de citar esse texto em um trabalho que farei na faculdade, você poderia me indicar a fonte utilizada?
Obrigada!

TatianaNo Gravatar deixou este comentário em Mar 18 09 ás 20:56

Gostaria de saber como sitar este texto, pois estou usando algumas partes em minha monografia.

Angela LuzianoNo Gravatar deixou este comentário em Mar 18 09 ás 23:47

@Angela Luziano Pode consultar as normas APA para citações e refrências. http://redepsicologia.com/formatacao-escrita-citacoes-referencias-bibliograficas-segundo-normas-apa

Jorge AlvesNo Gravatar deixou este comentário em Mar 21 09 ás 14:51

ola,tenho 35 anos e vou concorrer este ano para entrar na universidade para assistente social,mas estou a adorar psicologia e estou a pensar concorrer para psicologia criminal.sera k me podem dizer quais as universidades onde a esse curso?obrigado

fernandaNo Gravatar deixou este comentário em Mar 28 09 ás 14:00

Ola! Tenho 31 anos e gostaria de saber se possivél, mais um pouco de matéria sobre o tema de Psicologia Criminal, pois inspira-me e com alguma certeza se encaixava bastante cmg! Sou Agente de Autoridade e na minha carreira com experiência profissional vim a descobrir que gostaria de aprender mais e conhecer as técnicas no mundo do crime.
Sou curiosa e com muita energia, física e psicológica, tenho muitas ideias e por vezes descubro o que ningúem vê.
Sem mais nada a dizer me despeço com um obrigado

Cecília do Carmo VeríssimoNo Gravatar deixou este comentário em Abr 04 09 ás 20:49

poderia-me dizer a fonte deste texto para eu citar obrigado pela atençao abraços

andre verdascaNo Gravatar deixou este comentário em Abr 24 09 ás 12:48

@André O texto é baseado no artigo sobre Psicologia Criminal da Wikipédia em Inglês. Mas deverá ter atenção se vai citar esta fonte (o presente Portal) ou a fonte onde este artigo se baseou (Wikipédia). São fontes diferentes; por exemplo, se leu o artigo aqui deverá citar este Portal.
Cumprimentos.

Jorge AlvesNo Gravatar deixou este comentário em Abr 25 09 ás 12:16

ola…..tenho 17 anos..e gostaria de fazer psicologia criminal….como posso obter mais informaços sobre esse curso..um site especifico..para eu obter melhores informaços..
obrigada….

NeldaNo Gravatar deixou este comentário em Abr 25 09 ás 21:04

gostraia mto de fazer psicologia criminal….gostaria de uma fonte especifica,..para algumas informaçoes…

ValeriaNo Gravatar deixou este comentário em Abr 25 09 ás 21:07

Boa Tarde, estou no penúltimo semestre do curso de Psicologia e procurando pós graduação em Psicologia Forense/Criminal, está muito difícil encontrar, por favor, se alguém souber, indicações são muito bem vindas! Muito obrigada!

ClarissaNo Gravatar deixou este comentário em Abr 30 09 ás 17:53

@Clarissa Em Portugal ou no Brasil?
Entretanto pode ser que este comentário ajude: http://redepsicologia.com/psicologia-12-acesso-ensino-superior#comment-823

Jorge AlvesNo Gravatar deixou este comentário em Mai 31 09 ás 9:45

estou no segundo periodo de direito fiz uma pratica investigativa sobre o psicopata e achei muito interessante o assunto. Pois nos não sabemos praticamente quem são pessoaas que estão ao nosso lado, hoje tenho um pouco da noção sobre este assunto.Muito agrato

ailtonNo Gravatar deixou este comentário em Jun 03 09 ás 19:49

Dos Conselhos de Profissionais – Acredito que o Conselho de cada categoria deve informar qual o piso salárial de cada profissiona. Portanto, queira procurar o referido Órgão.

Haeretiano Henrique PereiraNo Gravatar deixou este comentário em Set 30 09 ás 18:47

Em resposta a pergunta que foi formaulada,alegando que naaaaão ahouve entendimento ana pronauncia, segue algumasa explicações: o que eu quiz dizer é que existe um envolvimento espiritual nos individuos,ae quando esses não portam estruturas,muitas das vezes caem na ação do crime, oande muitas das vezes são ediondos. Faço parte de Tribunal de Juri, e observo que a maioria não demonstram conhecimento suficiente para vida social. Obrigado !!!

Haeretiano Henrique PereiraNo Gravatar deixou este comentário em Set 30 09 ás 18:53

Olá! Creio que, sendo relativamente recente a área, não existe uma suficiente clarificação quanto ao assunto e vejo que muitos jovens pouco inormados consideram já como opção de carreira profissional. Ainda que contente por ver que levam a sério, e procuram saber, o que seguir no futuro acho que deviam ter em conta que esta área exige muito de quem a pratica. Lidar com criminosos, avaliar o seu comportamento, e estudar profundamente as causas desses actos levam-nos a conviver no dia-a-dia com brutalidades inimagináveis. Não pensem se dá muito ou pouco dinheiro, nem abordem o tema de animo leve. Antes de mais procurem avaliar-se a vocês mesmos e tentem perceber qual o vosso proprio nivel de capacidade para lidar com coisas que a maior parte das pessoas passa a vida sem vivenciar directamente. Não se esqueçam que vão estar a pôr a vossa mente sob uma pressão terrivel com a qual nem todas as pessoas são capazes de lidar mantendo a sua propria sanidade mental.
Pelo menos é esta a minha opinião.

AnónimoNo Gravatar deixou este comentário em Out 08 09 ás 1:24

sempre gostei de psicologia, e penso formar-me em psicologia criminal, mas oiço falar pouco deste curso, porem não tenho fontes de informação onde e como posso adequerir tas informação. obrigado

Edvizio CláverNo Gravatar deixou este comentário em Dez 11 09 ás 21:31

olá, estou perto de prestar o vest. e vou fazer para psicologia Jurica/Forense, é amei esse Blog que me esclareceu algumas coisas e me fez ver que é realmente o que eu quero. Li os comentários aqui postados e são realmente muito importantes, mas oque mais me chamou atenção foi o de (Anônimo..Hauhuhauahua infelizmente não sabemos quem foi este que postou:) mais é bom pensarmos por este !ângulo” sobre nossa saúde Mental… me fez perceber o que realmente este exerce diante de sua profissão… e sobre as perguntas dos salários: Se você quer fazer algo que lhe faça se sentir bem com o que exerce diante da sociedade da importância dessa profissão pra você, se faz este com “amor” vontade se é o que realmente se sente capaz e pode exercer não importa o valor que lhe é remunerado e sim o valor desse execussão de trabalho para vc, se ficarmos pensando em quanto vamos receber.. faremos qualquer coisa e não oque temos vocação e que queremos fazer para nossa realização profissional.. Hora.. Se não exerce tua profissão com sabedoria e vontade ou a curiosidade de buscar informações e realizações e desejo de ver aquilo concretizado não serás um bom profissional não terás sucesso e realizações… a final isso também é pessoal e emocional.. :) espero que concordem (essa é minha opinião) quero estar um dia ao nível de (Jorge) … aCHo que este deve ser o seu nome:) me passou confiança profissionalismo mais o principal paixão pelo o que faz. Parabéns! um dia estarei lá! =)Ah! tenho !7… e já fiz um curso de Administração(Auxiliar de vendas em Aprendizagem em comércio) Neste curso não aprendemos a penas sobre impresas como elas funcionam mais também aprendemos que se não tiver certeza paixão pelo oque faz serás o primeiro a desistir quando tudo parecer “perdido” ou com certos obstaculos :) tenha uma Boa Noite e Obrigada! :) fique sabendo que sou sua Fã… na verdade encontrei hoje seu Blog :) hauhauhau.. Abraços e mais Sucessos..

Amanda SilvaNo Gravatar deixou este comentário em Fev 01 10 ás 2:15

ooooooiiiiiiiiiiii. sou caboverdiana e pertendo estuda em Portugal
qual é a possibilidade

jassica tavaresNo Gravatar deixou este comentário em Mar 04 10 ás 13:19

Gostava de saber se me podem exclarecer umas dúvidas. Que áreaa devo seguir para psicologia criminal ? Quais são as médias para entrar na faculdade? Se me pudessem exclarecer estas questoes agradecia imenso.
Obrigada

lolitaNo Gravatar deixou este comentário em Mar 06 10 ás 17:23

@lolita Olá. Provavelmente este post responderá às suas perguntas: http://redepsicologia.com/lista-universidades-faculdades-cursos-psicologia-portugal-ensino
Depois diga se respondeu.

Jorge AlvesNo Gravatar deixou este comentário em Mar 06 10 ás 21:14

@jassica tavares Para averiguar as possibilidades pode consultar o Ministério da Educação (os contactos estão em http://www.min-edu.pt/) ou directamente as universidades que está interessada em frequentar.
Cumprimentos.

Jorge AlvesNo Gravatar deixou este comentário em Mar 06 10 ás 21:24

Olá, bem descobri esta espacinho á muito pouco tempo e quero desde já dizer que está muito bem elaborado e com as explicações necessárias para saciar os nossos conhecimentos!

Estou no curso de Ciencias e Tecnologias, passei para o 11º ano, não tenho a disciplina de psicologia, contudo essa area interessa-me muito desde sempre e disseram-me que a psicologia dava para se seguir por dois curos,ou o de ciencias, que é o que eu estou, ou o de linguas e Humanidades?! Há alguma impedição ,ou diferença entre a preparação dos cursos, para depois se tirar o curso de psicologia? Quais são normalmente as médias para se entrar em psicologia em Portugal?

Obrigada pela atenção!

MJNo Gravatar deixou este comentário em Jul 03 10 ás 12:11

Da Sociedade x Crimes – Enquanto tivermos sociedades que estimulam a criminalidade, e que individuos leigo do Direito, são capazes de tal pratica, há pessoas que entendem que o crime é necessário, até porque é produto do mercado. O que precisamos acima de tudo é estimular a EDUCAÇÃO junto a sociedade.

Heretiano Henrique PereiraNo Gravatar deixou este comentário em Set 29 10 ás 20:27

Estivemos fazendo pesquisas sobre o sistema prisional, e constatamos que até o ano de 2010 p.p. existia aproximadamente 550 (quinhenos e cinquenta mil), mandados de prisão no país, mas, que não foram realizados, até porque, não existem cadeias nos estados, para número tão elevado. Portanto, seria muito interessante que fosse elaborado estudos para tal fenômeno.

Heretiano Henrique PereiraNo Gravatar deixou este comentário em Abr 14 11 ás 12:22

Olá,estou me formando em psic em dez de 2012,gostaria mto de me especializar em Psci criminal,sou da região nort,(Gurupi To)e gostaria de saber como faço,estar buscando conhecimentos (bolsas,cursos) sobre essa area.Em outros lugares perto de minha região. Obg tenham todos uma boa noite!

Sara M.No Gravatar deixou este comentário em Mai 15 11 ás 1:19

Estudo Psicologia e o meu trabalho de metodologia da pesquisa é sobre a vida de detentos e se a prisão pode mudar a personalidade deles, eu não consigo achar livros para referenciar, sera que voce pode me indicar algum.

Vanessa SNo Gravatar deixou este comentário em Jan 02 12 ás 21:01

Ola!Estou no curso de Linguas e humanidades e quero muito ir para psicologia criminal…o vosso site esta muito bom.Parabens!!bjs

Carolina GonçalvesNo Gravatar deixou este comentário em Fev 18 12 ás 14:29

Olaa..gostava de saber de quanto a quanto varia a media para entrar em psicologia criminal…e quantos anos dura a pós graduaçao.? obg bjs

P.S.:Gosto mto de ver os ossos (bones) na fox…sera que algum de vcs tem o mesmo gosto?xD

Carolina GonçalvesNo Gravatar deixou este comentário em Fev 18 12 ás 16:18

Olá. Gostaria que me recomendassem alguns livros de psicologia criminal.Pois estou super interessada nessa área. Este site está muito bom. Obrigado pela colaboração. Beijinhos.

Tatiana AlexandraNo Gravatar deixou este comentário em Abr 29 12 ás 13:03

Deixe aqui o seu comentário

Se pretende fazer uma pergunta sobre este artigo verifique primeiro se a mesma já foi respondida nos comentários. Devido à grande quantidade de comentários e e-mails que recebemos, nem sempre é possível uma resposta imediata. Contudo, tentamos dar resposta a todos os leitores.




Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.