Postado em 06.04.08 em Outros por Jorge Alves

Hermann Ebbinghaus – Curva do Esquecimento

Hermann EbbinghausHermann Ebbinghaus foi autor de vários estudos experimentais na área da memória. Num deles, em 1885, ele próprio foi o sujeito. Para o efeito criou palavras sem sentido (non sense) e aprendeu-as repetidamente. Após isto testou a sua evocação em vários intervalos de tempo. Obteve assim a famosa “Curva do Esquecimento” que ainda hoje é ensinada em todas as universidades em que se aprende Psicologia.

Related Posts with Thumbnails

Sobre o autor:  Jorge Alves é Doutorado em Psicologia. Neuropsicólogo Clínico. Investiga na área das Neurociências. Criador e autor principal do Portal RedePsicologia.com.



Subscrever Comentários Comentar | Trackback |
Etiquetas:

Posts anteriores


Comentários ( 3 )

[…] de pesquisa do Ebbinghaus. Achei também outro artigo, desta vez no site Redepsicologia.COM sobre Ebbinghaus e o seu trabalho com as curvas de aprendizagem e esquecimento. É curto, mas cito eles porque o blog é legal, tem informações sobre a área da psicologia e […]

Ebbinghaus, suas curvas e seu da-da-di-doo deixou este comentário em Ago 27 08 ás 20:42

[…] de pesquisa do Ebbinghaus. Achei também outro artigo, desta vez no site Redepsicologia.COM sobre Ebbinghaus e o seu trabalho com as curvas de aprendizagem e esquecimento. É curto, mas cito eles porque o blog é legal, tem informações sobre a área da psicologia e […]

Ebbinghaus, suas curvas e seu da-da-di-doo | Escriba e Psicólogo deixou este comentário em Jul 23 10 ás 17:04

[…] é a clássica “curva de esquecimento” de Ebbinghaus, cujo tema é totalmente ignorado pela maioria dos educadores. A maioria não tem conhecimento […]

Quanto tempo demora o esquecimento … ? « e-proficiência maiêutica deixou este comentário em Abr 29 11 ás 10:47

Deixe aqui o seu comentário

Se pretende fazer uma pergunta sobre este artigo verifique primeiro se a mesma já foi respondida nos comentários. Devido à grande quantidade de comentários e e-mails que recebemos, nem sempre é possível uma resposta imediata. Contudo, tentamos dar resposta a todos os leitores.