O polígrafo é algo sobre o que muitas pessoas têm curiosidade derivado em parte da banalização da utilização do aparelho em diversos programas televisivos.

O polígrafo, vulgo detector de mentiras, é um instrumento de registo de respostas fisiológicas. Habitualmente regista a pressão arterial, o ritmo cardíaco, a taxa respiratória e a resposta galvânica da pele.

Convém atender a que o polígrafo, embora possa ser uma útil ferramenta de investigação, não é considerado um teste cientificamente credível no que diz respeito a confissões.

Veja-se a título de exemplo um relatório da British Psychological Society sobre enganar o polígrafo.
No referido artigo é citado o caso de um prisioneiro que após ter sido erradamente condenado por um assassinato (atráves de evidências do polígrafo), treinou 27 reclusos para enganarem o polígrafo sendo que 23 o conseguiram. E tudo isto numa prisão enquanto estava injustamente preso.

Artigos relacionados


Subscrever Comentários Commentar | Trackback |
Etiquetas:

Posts anteriores


Deixe aqui o seu comentário

(se pretende fazer uma pergunta verifique primeiro se não foi respondida nos comentários acima)


XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>