Postado em 05.28.09 em Curiosidades por Jorge Alves

Descobertas e marcos importantes para o estudo do comportamento humano

Descobertas e marcos importantes para o estudo do comportamento humano

Crianças a brincar na areia

Crianças a brincar na areia - A ciência é como uma construção grão a grão.

Descobertas e marcos importantes para o estudo do comportamento humano, psicologia e investigação da mente e cérebro actuais

1900
Publicação do livro de Freud, “A Interpretação dos Sonhos”
Binet inicia o campo da testagem/avaliação da inteligência

1913
Watson lança a escola comportamentalista de psicologia

1923
O movimento da Eugenia atinge o seu auge

1923 – 1952
Piaget descreve os estádios do desenvolvimento cognitivo

1935
Egas Moniz desenvolve a lobotomia para as doenças mentais

1938
A terapia electrochoque é introduzida

1952
É identificada uma droga para tratar a esquizofrenia

1972 – 1985
Surgem o TAC e a Ressonância Magnética (MRI)

1975
O papel das endorfinas é descoberto

1987
Surge o antidepressivo Prozac introduced

1993
Em busca de genes comportamentais

Fonte: http://www.pbs.org/wgbh/aso/databank/humbeh.html

Related Posts with Thumbnails

Sobre o autor:  Jorge Alves é Doutorado em Psicologia. Neuropsicólogo Clínico. Investiga na área das Neurociências. Criador e autor principal do Portal RedePsicologia.com.



Subscrever Comentários Comentar | Trackback |
Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Posts anteriores


Comentários ( 2 )

Desculpa mas não consigo deixar passar isto em branco, nada da “revolução” fenomenológica é importante?

😉

JoãoNo Gravatar deixou este comentário em Mai 28 09 ás 21:09

Antes de questionar quero parabénizar o site pois, traz aqui muitos assuntos interessantes, que faz com que abrimos um leque de conhecimentos através do mesmo. Como o colega acima comentou, na minha opinião, acho que seria de grande relevância falar tbém da fenomenológia. Abraços.
Tatiana Teixeira

tatinhaplocNo Gravatar deixou este comentário em Set 13 10 ás 20:41

Deixe aqui o seu comentário

Se pretende fazer uma pergunta sobre este artigo verifique primeiro se a mesma já foi respondida nos comentários. Devido à grande quantidade de comentários e e-mails que recebemos, nem sempre é possível uma resposta imediata. Contudo, tentamos dar resposta a todos os leitores.