Postado em 11.30.10 em Curiosidades por Jorge Alves

A ignorância é uma benção

Porque estamos aqui? Porque envelhecemos? Como funciona a mente humana? Para que servem os sonhos? O que precedeu o Big Bang?

pôr do sol

Como seria ter respostas para todas as questões, sem lugar para a curiosidade? Certamente seria enfadonho pois o prazer de fazer uma descoberta é único.
A ignorância pode, por vezes, ser uma bênção…

Related Posts with Thumbnails

Sobre o autor:  Jorge Alves é Doutorado em Psicologia. Neuropsicólogo Clínico. Investiga na área das Neurociências. Criador e autor principal do Portal RedePsicologia.com.



Subscrever Comentários Comentar | Trackback |
Etiquetas: , ,

Posts anteriores


Comentários ( 2 )

A inteligência é uma benção; a ignorância, não.

Daniel F. GontijoNo Gravatar deixou este comentário em Nov 30 10 ás 12:03

Compreendo que por vezes a ignorância é uma benção. Podemos facilmente integrar num ciclo de evitamento/satisfação. Não temos que ser como o Buda (totalmente iluminados).

Mas somos dotados de inteligência, podemos quebrar ciclos. E muitas vezes para quebrar-mos ciclos, temos que aceitar a nossa impotência, a nossa ignorância, para, paradoxalmente, atingir um estado de maior sabedoria.

João BritoNo Gravatar deixou este comentário em Dez 06 10 ás 11:45

Deixe aqui o seu comentário

Se pretende fazer uma pergunta sobre este artigo verifique primeiro se a mesma já foi respondida nos comentários. Devido à grande quantidade de comentários e e-mails que recebemos, nem sempre é possível uma resposta imediata. Contudo, tentamos dar resposta a todos os leitores.